Autora entrega pedaços de corpos em decomposição a leitores

Atualizado: 12 de mai.

Se por acaso a polícia bater na sua porta nos próximos meses, preocupe-se, sim. É trote. Como o título dessa matéria. Para quem tem costume de ler ou até mesmo publicar no wattpad, já deve ter ouvido falar no sucesso estrondoso da trilogia distópica de apocalipse zumbi que conquistou o coração dos leitores. Estamos falando de "Em decomposição", vencedor do prêmio Wattys 2020 e com mais 850 mil leituras.


Marina Basso, escritora brasileira de Florianópolis é o nome por trás do universo da jovem Rebeca vivendo num mundo onde tudo o que se conhece já não existe mais. Narrando um realismo apocalíptico que explora o medo e impotência mediante ao cenário caótico de um mundo sem lei, sem esperança e sem rumo.

A autora ama jogos, rock e histórias de terror. Tem 24 anos, é formanda em Letras/Literatura e geminiana. É fã do mestre Stephen King e tem uma cachorrinha chamada Mei, como a protagonista de sua trilogia de milhões - que também conta com os títulos "Em desespero" (já no Wattpad) e "Em fúria".



Marina faz sua estreia solo com a Quimera, mas está incluída em outros projetos da Editora com a temática de zumbis, a antologia "Geekimera vol.5: Eles nunca vão embora", e um projeto romântico com contos inspirados na obra de Jane Austen, a antologia "Canções de Setembro". Você a encontra no Instagram como @autoramarinabasso, onde você acompanhar e saber mais sobre ela, e no twitter: @hut3rina.



Agora, "Em decomposição" ganha novos rumos e nova edição para ser adicionada ao catálogo da Quimera no dia 28 de maio na Geekimera Feira Geek 2022. O pano de fundo mostra a protagonista, Rebeca, aos 17 anos, que vê a chegada do apocalipse da janela de sua escola. Agora ela precisa atravessar a cidade em meio ao caos de um mundo tomado por zumbis. Protegendo seus amigos e tentando voltar para casa, ela pode acabar descobrindo que sobreviver aos mortos é apenas o início.

A ideia surgiu de uma antiga paixão por zumbis. A autora sempre teve vontade de escrever uma história apocalíptica, mas Marina não se julgava preparada, que não seria capaz. Seis anos mais tarde, deu início a uma história no Wattpad despretensiosamente, deixando o enredo se moldar, e o projeto acabou se tornando uma trilogia de sucesso.

A autora revelou que demorou um ano para escrever o primeiro livro da trilogia e ele seria volume único (ainda bem que não foi, não é mesmo?). Mesmo que Rebeca tenha conquistado leitores em meio ao caos pandêmico, a personagem nasceu em 2013 - quando a autora tinha 16 anos - e a história de "Em decomposição" se passa em Santa Catarina.

Com edição do Vagner Araújo sob supervisão de Marianna Roman, a obra foi repaginada para novamente encontrar seus leitores e roubar o coração de novos. A nova capa será divulgada em breve e você poderá adquiri-lo nos diversos marketplaces (amazon, submarino, americanas...) dentro de fora do Brasil.


*Os brindes da obra podem ser solicitados por e-mail ou através do direct da Editora.


Por Olívia Lemos


62 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo