O nascimento da Quimera

Você sabe como nasceu o Grupo Editorial Quimera?


A autora Marianna Roman, fundadora e responsável majoritária pela Editora, sempre teve uma relação de carinho pelo símbolo da árvore do conhecimento/da sabedoria. Logo, quando criou o selo da Editora, ela atribuiu o símbolo a ela. Transformando-o numa figura feminina, para representar a mãe natureza e também uma figura que esteve muito presente em sua vida, pois cresceu numa casa com 7 mulheres.


As representações não param por ai, fã de mitologia grega, outra história que sempre lhe chamou a atenção foi a do monstro Quimera, que unia diferentes partes, de diferentes animais num animal único e pensou que isso é como um livro - que une tantas partes de diferentes histórias e experiências para formar uma nova. Além disso, "quimera" significa "fruto da imaginação" ou "sonho". Então tudo se encaixou para que a Editora tivesse nome e selo.


Alguns filmes também corroboraram para o nascimento da Quimera. São eles: "Eu sou o número quatro", em que o personagem "quimera" aparece, a trilogia "The librarian", especialmente o último filme "A maldição do cálice de judas".


Com tanta representatividade, representações e inspirações... a Quimera completa 4 anos em 2021 e se tornou grupo editorial após adequar diferentes selos e segmentos para diferentes gêneros literários: Geekimera - da fantasia ao terror; Quimera - dos românticos ao dramáticos e Salácia - o selo erótico.


Você pode conhecer todas as obras clicando nos selos na barra superior do site e ficar por dentro das sinopses dos livros.


Até a próxima.


Por Olivia Lemos.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo